Follow by Email

June 10, 2006

MICHAEL'S BAPTISM June 10, 2006.

Photobucket - Video and Image Hosting
Prá frente Brasil!!!
There is an english version below.
Photobucket - Video and Image Hosting
So if the Son sets you free, you will be free indeed.32Then you will know the truth, and the truth will set you free." John 8:36 e 32
Querida familia e amigas (os),
Dear family and friends,
Hoje eu estou muito cansada e já é tarde, mas mesmo assim eu quis deixar
aqui uma mensagem para vocês.
"Autistas são anjos de Deus na terra."
" Autists are God's angels on earth."
Como eles tem dificuldade entre outras coisas, de assimilar o que é abstrato, muitas pessoas pensam que eles não podem experimentar Deus em seus corações e ter fé. Nada mais injusto e falso. Eles podem e experimentam de forma intensa a presença de Deus em suas vidas. Falo isso por experiencia própria, pois conheço alguns bem de perto.
Reflitam na mensagem abaixo.
O BAPTISMO DE MICHAEL
Leitura:Marcos 10:13-16

Deixai vir a Mim as crianças...
- Marcos 10:14

Michael queria ser baptizado. A princípio o pai dele manifestou reservas porque Michael é autista. O autismo é uma inaptidão desenvolvida que afecta a interacção social de uma pessoa e as suas capacidades de comunicação.
Não havia dúvidas que Michael, agora com 35 anos de idade, tinha confiado em Jesus para a sua salvação, e a liderança da igreja apoiou com entusiasmo o seu baptismo. Mas ele teria de se erguer diante de toda a congregação.Sabendo que Michael não gostava de surpresas, o pai dele analisou tudo o que poderia acontecer. Mas durante o baptismo, quando o pastor disse: "Michael, eu te baptizo no nome do Pai," Michael interrompeu-o como que para lhe lembrar: "e do Filho!" A congregação sorriu de alegria. E Michael foi baptizado em obediência ao mandamento de Cristo.
Cada um de nós vem a Jesus num nível diferente de conhecimento espiritual e Jesus dá as boas-vindas a todos os que respondem. Quando as crianças pequenas chegaram perto do Salvador, os Seus discípulos tentaram afastá-las. Mas Cristo reprovou-os e disse, "Deixai vir a Mim as crianças..." (Marcos 10:14). Isto também se aplica aos deficientes mentais.
O evangelho é simples. O Salvador é acessível. E o Seu convite é dirigido a todos. - HDF

DEUS ACEITA QUALQUER UM QUE ACEITA O SEU FILHO.
Mensagem extraída do Nosso Pão Diário, link na coluna ao lado.

Photobucket - Video and Image Hosting
Jesus is the same yesterday, today and tomorrow!
MICHAEL'S BAPTISM
READ: Mark 10:13-16

Let the little children come to Me. —Mark 10:14

Michael wanted to be baptized. At first his father had reservations about this because Michael is autistic. Autism is a developmental disability that affects a person’s social interaction and communication skills.
There was no question that 35-year-old Michael had trusted Jesus for salvation, and the church leadership enthusiastically approved his baptism. But he would have to stand in front of the entire congregation.
Knowing that Michael didn’t like surprises, his dad reviewed all that would happen. But during the baptism, when the pastor said, “Michael, I baptize you in the name of the Father,” Michael interrupted as if to remind him, “and the Son!” The congregation smiled with joy. And Michael was baptized in obedience to Christ’s command.
Each of us comes to Jesus at a different level of spiritual understanding, and Jesus extends His welcome to all who respond. When little children approached the Savior, His disciples tried to send them away. But Christ rebuked them and said, “Let the little children come to Me” (Mark 10:14).
And that also applies to the developmentally disabled.
The gospel is simple. The Savior is approachable. And His invitation is
open to everyone.

If you’d like to know the love of God the Father,
Come to Him through Jesus Christ, His loving Son;
He’ll forgive your sins and save your soul forever,
And you’ll love forevermore this faithful One.
- Felten -

GOD ACCEPTS ANYONE WHO ACCEPTS HIS SON.
Messagem extracted from Our Daily Bread, link in the column beside.
Photobucket - Video and Image Hosting
Uma surpresa mais que agradável... o meu blog é destaque no blog da amiga Grace. Fiquei muito contente.
(E) I've got an award of distinction from my friend Grace. To see her blog, click on the stamp below.
Tenho alma cigana, e daí?
Obrigado amiga. Thank you friend.
Tenham um bom domingo e uma semana abençoada.
Have a nice Sunday and a blessed week.
Photobucket - Video and Image Hosting

June 05, 2006

AMIGO ÍNTIMO DE DEUS June 05, 2006

Photobucket - Video and Image Hosting
Querida familia e amigas (os),
Que alegria! Meu blog é destaque pela terceira vez este ano na Gazeta dos Blogueiros. Estou muito contente. Obrigado Sissi e equipe.
Photobucket - Video and Image Hosting
Desculpe-me por minha ausência. Aqui é o feriado de Corpus Cristi e temos 2 dias de feriado. Temos dois dias: domingo e segunda. Com isso estou com toda familia em casa e ainda recebi visitas. No domingo, juntamente com visitas fomos na festa latino-americana. Foi muito bom. Música, dança,
comida típica e diversos outros produtos.
Hoje ficamos em casa, mas com muitas coisas para fazer. Só agora pude
sentar aqui para escrever.
Ah, estou precisando do seu voto lá no Blogstars (link na coluna ao lado). Se quiser e achar que o meu blog mereçe, passa lá para votar. Ficarei muito agradecida por sua colaboração.
A mensagem abaixo eu recebi via e-mail. Não me lembro mais quem me mandou e também desconheço o autor (a). Caso alguém saiba, me fala
para que eu possa colocar os créditos. É um pouco longa, mas voces
terão pelo menos até sexta-feira de tempo para ler. Vale a pena.
Photobucket - Video and Image Hosting
AMIGO ÍNTIMO DE DEUS

“Vês ali meu servo? Não há na terra ninguém semelhante a ele...”
Jó 2:3

Falar de sofrimento não é fácil. Quem nunca passou por uma dor, quer seja ela física ou emocional, chegando até a pensar que não iria suportar mais? Várias foram e são as nossas experiências! Alguns já perderam um ente querido, outros perderam um emprego, ficaram doentes, alguns foram afrontados... Vários são os tipos de sofrimento capazes de “derrubar” um ser humano. A Bíblia traz o relato de um sofrimento que para mim só perde para
o sofrimento de Cristo.
Este relato é o da vida de Jó – um árabe muito rico, não-judeu, morador da terra de Ur que era “íntegro, temente a Deus e que se desviava do mal” (Jó 1.1). Jó amava o Senhor de uma maneira muito intensa, a ponto de não querer nem que seus filhos desagradassem a Deus. Após os banquetes oferecidos por seus sete filhos e três filhas em suas residências, ele entregaria holocaustos por eles, pois poderiam ter pecado contra Deus em seus corações (v. 5); Jó fazia isso continuamente, pois conhecia o Senhor. Se ele o conhecia é porque
andava com ele, era amigo dele.
Nós só conhecemos uma pessoa quando convivemos com ela. Passamos a entender seus gostos, suas opiniões, suas vontades. E quanto mais o tempo passa e a amizade cresce, mais íntimos ficamos do nosso amigo.
Chegamos à sua casa, abrimos a geladeira, vestimos até a mesma roupa
que ele veste. Contamos os nossos segredos, até os mais secretos!
O amigo de verdade nos conhece mesmo quando estamos calados, sem dizer uma palavra sequer. Assim era o relacionamento de Jó com Deus. Ele sabia o que desagradava e o que agradava ao Pai. Ele conhecia o Senhor intimamente. E Deus também era íntimo de Jó.
No versículo 8, do capítulo 1, o Senhor pergunta ao Diabo: “Vês o meu servo Jó?”. Deus já sabia a resposta de Satanás. Sabia que o inimigo não teria nada de ruim para falar do seu amigo Jó. No decorrer da sua fala Deus afirma: “Não há ninguém na terra como ele, homem íntegro, reto e que se desvia do mal”.
O próprio Deus afirma isso sobre Jó, pois o conhecia! Sabia o que se passava em seu coração. Eles tinham uma intimidade tão profunda que mesmo com o desafio lançado por Satanás – “estende a mão e toca-lhe em tudo que ele tem e verá se não blasfema de Ti na Tua face” (v.11) –, Deus não demorou a
autorizar Satanás a tocar e destruir tudo que Jó possuía. Ele conhecia seu amigo verdadeiramente. Ele sabia que jamais Jó destruiria a linda
intimidade que tinham por causa de qualquer “terremoto” que viesse
para abalar a relação deles.
Conhecemos este início da história de Jó. Sabemos que o Diabo destruiu todos os seus bens, seu gado, matou seus filhos e, para piorar a situação, derramou sobre a vida de Jó uma enfermidade que alguns teóricos da Bíblia afirmam ser a Elefantíase (doença na qual o corpo da pessoa fica revestido de uma camada epitelial grossa, de coloração escura semelhante à do couro do elefante e que é muito dolorosa – Bíblia de Estudo Plenitude) que acabou deformando as feições de Jó, fazendo com que sua mulher, num ato de desespero, pedisse para que ele amaldiçoasse a Deus e morresse (2.9)! Porém, mesmo com todo o sofrimento passado, descrito nos primeiros dois capítulos do livro, Jó pronuncia apenas duas coisas: “Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei. O Senhor me deu, o Senhor tirou; bendito seja o nome do Senhor.” (1.21.)
“Se recebemos o bem de Deus porque não iríamos receber também o mal.” (2.10.) Somente alguém, conhecendo e amando muito outra pessoa,
pode fazer uma declaração de amor e de confiança como essa!
Jó amava a Deus. Acontecesse o que acontecesse, seu amor por ele jamais seria abalado. Sua amizade com Deus era muito grande. Jó sabia que tudo que estava acontecendo tinha uma razão, pois seu amigo íntimo – Deus – jamais o decepcionaria, jamais o prejudicaria, jamais teria prazer em vê-lo mal, ou destruído.

Qual tem sido nosso grau de intimidade com o Senhor Jesus? Qual tem sido o nosso relacionamento com ele? Temos sido apenas aquele amigo que o visita de vez em quando? Somos aquele amigo de ocasião, que só o procura quando precisa de algum favor? Ou será que somos aquele amigo de fachada, que se arruma todo para ir visitá-lo em sua casa? Realmente Jó tinha muita intimidade com o Senhor. E não seriam problemas terrenos que o afastariam do seu grande amigo. É possível alguém amar outra pessoa sem querer nada em troca? Isso só acontece quando se tem um amor muito grande um pelo outro; quando se tem um profundo grau de intimidade com a outra pessoa.
Jó provou que isso é possível. O amor é sofredor, é benigno, não quer nada
em troca, diz 1 Coríntios 13.
Esta é a terceira vez que leio o livro de Jó. E como a Palavra sempre se renova, cada vez posso aprender mais do Senhor através dessa história. Eu ficava sem entender porque Fulano passava por tal luta, ou tal provação.
Porque Cicrano que nem é tão temente assim (não é julgamento algum, pelo fruto se conhece a árvore) não passava por tantos problemas; tudo é mais fácil para ele! Mas Deus me fez pensar algo: se ele conhece cada coração, sabe o grau de intimidade que cada um tem com ele, então ele sabe como cada um vai reagir. Ele sabe com quem pode contar! Ele sabe em quem pode realmente confiar! Então, talvez para que Cicrano não fuja da sua presença, para que a sua amizade não seja destruída, determinadas provas não são dadas para que ele. O grau de sua intimidade com o Senhor é que vai determinar até onde
sua luta pode ir, porque ele conhece cada coração.
Não estou defendendo a doutrina da flagelação e sofrimento para ser amigo de Deus, como muitos fazem! Pelo Contrário. Não é mais preciso somente sofrer para entrar no Reino dos Céus! Somos mais que vencedores em Cristo Jesus! Mas ele não nos dá prova maior do que possamos suportar. É a Palavra que afirma isso!Ele sabia até onde Jó poderia suportar, pois o conhecia.
Jó sabia que seu amigo jamais o abandonaria, pois tinha intimidade com ele.
E você? Está disposto a ser íntimo do seu amado? Então, seja bem-vindo!
Ele está disposto a ser o seu melhor amigo. Ele lhe chama e diz: “Venha como você está”! E com certeza ele apontará para você e afirmará: “Vês ali o meu servo? Não há na terra ninguém semelhante a ele” (Jó 1.8).
Imagina que alegria!
Photobucket - Video and Image Hosting
TENHAM UMA BELA SEMANA!

Photobucket - Video and Image Hosting